fbpx

Curiosidades Saúde

Transar para secar: descubra se a polêmica “dieta do sexo” funciona

Cada vez mais mulheres parecem estar aderindo à polêmica “dieta do sexo”. Além de Lívia Andrade, Cameron Diaz, Kim Kardashian, Pamela Anderson e Kate Hudson, a atriz Mai Mel, da RedeTV!, afirmou que é adepta do método, que consiste em fazer de três a quatro horas de sexo por dia.

“Vi uma entrevista da Kim Kardashian e fui pesquisar. Pensei: gosto muito de sexo e pouco de academia, encontrei a solução (…) Troquei a musculação pelo sexo e tem dado certo. Perdi peso e notei mais disposição. Ganhei fôlego, não canso rápido como antes. Nem no dia a dia, nem no sexo”, relatou.

              Foto colorida da atriz de pegadinhas Mai Mel - Metrópoles
Mai Mel, atriz de pegadinhas da RedeTV!, revela que adotou a dieta do sexo e chegou a perder três calorias por minuto

Em entrevista anterior ao Metrópoles, o personal trainer Sidney Muniz explicou que o sexo não pode ser considerado um exercício, mas sim uma atividade física.

“Atividade física é todo movimento produzido pelos músculos que nos cause um gasto energético acima do que teríamos em repouso: andar do quarto para a sala, limpar a casa, lavar a louça, passear com o cachorro, fazer sexo etc”, disse.

Em média, os homens gastam 100 calorias e as mulheres 70 durante uma transa de 25 minutos, incluindo as preliminares, segundo um estudo da Universidade de Montreal, no Canadá. “Mas isso varia de casal para casal. A idade influencia, se os indivíduos são saudáveis e não obesos também. No geral, dá para perder boas calorias fazendo sexo”, argumentou Muniz.

O personal apontou ainda que, em algumas posições, há trabalho muscular por causa da isometria, que é quando se faz uma posição estática ao flexionar o músculo contra um objeto imóvel. “Ao praticá-las, você fortalece o músculo em seu condicionamento máximo por meio do aumento da contração”, explicou.

Já foi eleita, inclusive, a posição sexual que mais queima calorias: a batedeira. Com um nível de dificuldade entre intermediário e avançado, ela pode fazer os “transões” gastarem até 179 calorias para quem é penetrado e 211 para quem penetra — considerando uma prática sexual de 30 minutos.

Arte/MetrópolesIlustração de posição sexual - Metrópoles
Na batedeira, uma pessoa fica apoiada em uma postura de “meia vela”, segurando o quadril; enquanto a outra a penetra em pé, com os joelhos flexionados

Mesmo com todos os benefícios físicos e mentais, Muniz alerta que ser sexualmente ativo não isenta a pessoa de praticar exercícios regularmente. “O sexo é uma necessidade fisiológica, para o bem-estar mental e físico, mas funciona apenas como um bom complemento para uma vida ativa e saudável”, reforçou. Ou seja: transe, mas treine também! ( metropoles )

 

 

 

 

 

Advertisements

Deixe uma resposta