Últimas notícias sobre o coronavírus no Brasil e no mundo

novo coronavírus provocou 113 mortes em São Paulo, onde 231 pessoas estão internadas em estado grave com a Covid-19, informou o Governo do Estado. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o governador João Doria (PSDB) disse que deve recorrer à Justiça se o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de fato decretar a reabertura do comércio no Estado, que está em quarentena. São Paulo é o Estado com o maior número de pessoas contaminadas (1.517) no Brasil. O país tinha 159 mortes confirmadas até esta segunda-feira. E também nesta terça, o ministro da Justiça, Sergio Moro, autorizou o uso da Força Nacional para reforçar a segurança em situações como distribuição de alimentos e insumos médicos, controle sanitário e para evitar saques e vandalismos.

Brasil tem 5.717 confirmados e 201 mortes por coronavírus

O Brasil tem 1.138 novos casos de coronavírus. O país  soma 5.717 casos e 201 mortes por Covid-19, segundo dados do Ministério da Saúde. Este é o maior aumento diário no número de casos confirmados desde que o novo coronavírus foi detectado no Brasil.

Com uma morte por hora, SP registra recorde de óbitos em apenas um dia por coronavírus

O Estado de São Paulo registra nesta terça-feira 136 óbitos relacionadas ao novo coronavírus. Somente hoje 23 novas mortes foram confirmadas. Trata-se do maior aumento em números absolutos já registrado, com cerca de uma confirmação por hora, desde ontem, de acordo com a secretaria de Saúde.

Agora, são 13 cidades do Estao com mortes, incluindo Campinas, no interior, e São Caetano do Sul, Santo André, Caieiras, na Grande São Paulo. Até o meio da última semana, apenas a Capital registrava óbitos relacionados à Covid-19. Entretanto, desde então, já ocorreu pelo menos um óbito nos municípios de Vargem Grande Paulista, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Taboão da Serra, Embu das Artes, Sorocaba, Osasco, e Ribeirão Preto, além dos quatro novos citados de hoje.

Os 23 novos mortos são 13 mulheres e 10 homens. Entre as vítimas femininas, duas eram adultas de 42 e 54 anos, com comorbidades. As outras onze mulheres tinham 69, 85, 86, 76, 84, 72, 64, 81, duas de 65 e 68.

No grupo masculino, estão inclusos um de 43 anos com comorbidades e outros dez com idades de 66, 79, 86, 89, 68, 90, 83, 78 e 63.

São Paulo registra também 2.339 casos confirmados da doença, um aumento de 54% com relação ao dia de ontem.

Albert II, de Mónaco, recuperado do coronavírus

O príncipe Albert II, de Mônaco já está totalmente recuperado da infecção por coronavírus diagnosticada há quase duas semanas, em 19 de março, e encerra sua quarentena. Isso foi assegurado por seus médicos, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira à tarde pelos canais oficiais do principado. “Os médicos que monitoram o príncipe Albert II após o início da infecção pela Covid-19 hoje o autorizam a encerrar o período de quarentena. O príncipe soberano é declarado curado e de boa saúde. Ele logo se juntará à sua família e o período de confinamento continuará enquanto ele permanecer em contato próximo com o governo e seus colaboradores próximos ”, explica o palácio.

A epidemia segue acelerando na França

Morreram 499 pessoas nas últimas 24 horas, elevando o número total de mortes em hospitais para 3.523, segundo a última contagem, que ainda não inclui mortes em casas de repouso. No total, existem 52.128 casos confirmados de coronavírus em todo o país. Mas o número a ser seguido com atenção, destacou o diretor-geral de Saúde, Jérôme Salomon, é o de pacientes em terapia intensiva, que, com 5.565 casos, quase cinquenta nas últimas horas, já ultrapassam a capacidade original de leitos do país, dobrada nas últimas semanas para 10.000. O objetivo da França é ter até 14.500 leitos xde reanimação, mas a concentração de casos graves causou nos últimos dias uma transferência maciça de pacientes de áreas do Grande Leste e da região de Paris, as mais afetadas atualmente, para outros pontos na França e até nos países vizinhos, principalmente na Alemanha e na Suíça. Segundo Salomon, até o momento 288 pacientes gravemente doentes foram transferidos e a operação de utilização de aviões militares e trens de alta velocidade, entre outros, continuará “nos próximos dias e semanas”, assegurou. Informa Silvia Ayuso.

Putin apertou a mão de um médico que testou positivo

O diretor do hospital dedicado ao combate à Covid-19 em Moscou testou positivo para coronavírus. Há menos de uma semana, o presidente russo Vladimir Putin visitou o centro. Ele vestiu um traje de proteção durante toda a visita, mas, no final, Putin apertou a mão do médico sem qualquer proteção. O Kremlin informou que Putin foi testado para o coronavírus e “está tudo bem”.

El director del hospital para la Covid-19 de Moscú, positivo en Coronavirus.
Hace 7 días Putin visitó el centro. Y tras llevar traje protector toda la visita dio la mano al médico. A pelo.
El Kremlin dice ahora que Putin se hace test de coronavirus regularmente: “Está todo bien”

Ver imagen en Twitter
38 personas están hablando de esto

Diretor da OMS reforça papel dos Governos para ajudar mais pobres a cumprirem medidas de saúde 

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesu, afirmou nesta terça-feira no Twitter que os Governos devem investir em políticas sociais que permitam aos trabalhadores sem renda fixa cumprirem as orientações de saúde contra o coronavírus, como o isolamento social.

“As pessoas sem renda regular ou qualquer colchão financeiro merecem políticas sociais que garantam a dignidade e lhes permitam cumprir as medidas de saúde pública contra a #COVID19 recomendadas pelas autoridades nacionais de saúde e pela OMS”, escreveu o dirigente.

A declaração confonta a interpretação do presidente Jair Bolsonaro, que na manhã desta terça citou um discurso do chefe da OMS ​para afirmar que a organização estava alinhada com a visão de que nem todos devem parar suas atividades para conter a pandemia. “Vírus e desemprego não podem ser dissociados. Quando eu falei isso, me chamaram de genocida. Meus parabéns, a OMS se associa a Jair Bolsonaro!”, declarou o presidente.

Tedros Adhanom Ghebreyesus

@DrTedros

People without regular incomes or any financial cushion deserve social policies that ensure dignity and enable them to comply with public health measures advised by national health authorities and @WHO.

1.646 personas están hablando de esto

Eslováquia registra sua primeira morte com coronavírus

A Eslováquia registrou sua primeira morte relacionada ao coronavírus na terça-feira, de acordo com o Centro Nacional de Informação em Saúde. Até meia-noite da segunda-feira, o país tinha 363 positivos para a doença. Além disso, esse Estado da Europa Central proibiu as viagens internacionais para tentar bloquear a epidemia, fechou escolas e a maioria das lojas e recomendou o uso de máscara para sair à rua. (Reuters)

Isolado, Bolsonaro falará por 8 minutos em rede nacional de rádio e TV

Cada vez mais isolado por defender medidas sanitárias sem apoio de seu próprio governo, o presidente Jair Bolsonaro decidiu usar a rede nacional de rádio e TV nesta terça-feira pela quarta vez no ano para tratar da pandemia de coronavírus. Seu pronunciamento deve durar cerca de oito minutos e está previsto para iniciar às 20h30.

Depois de perder apoio de boa parte do Congreso Nacional, de governadores, prefeitos e até de alguns de seus ministros, o presidente pretende reforçar sua tese de que o ideal para o Brasil seria fazer um isolamento vertical, e não um horizontal. O primeiro pretende deixar sem contato social apenas idosos e pessoas com doenças graves. O segundo é adotado pela maioria dos governos e prefeituras e suspende a maior parte das atividades de toda a sociedade, com o objetivo de evitar a propagação do vírus.

A preocupação de Bolsonaro é evitar uma crise econômica. Mas nem o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, nem o da Economia, Paulo Guedes, são a favor desse isolamento vertical.

“Sou atleta e, mesmo assim, o coronavírus me derrubou. É muito mais forte que uma gripe comum”

Primeiro jogador brasileiro a testar positivo para Covid-19, o atacante Jonathas conta como o vírus o debilitou por quase duas semanas

Com 3.415 mortes, Estados Unidos superam a China em número de óbitos com coronavírus

Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, 3.415 pessoas já morreram com coronavírus nos Estados Unidos, número com o qual o país superou a China — onde se originou o surto da nova doença — na quantidade de mortes. No gigante asiático, 3.309 pessoas perderam a vida com o vírus. Além disso, os Estados Unidos são o país com mais casos positivos do mundo, com mais de 164.700 pessoas infectadas, e estão apenas atrás da Espanha (8.202 mortos) e da Itália (12.428 falecidos) na balança de mortes.

Holanda estende medidas de contenção da Covid-19

O governo holandês estendeu as medidas contra a pandemia até 28 de abril e instou a população a manter distância social de 1,5 metro o tempo todo. Até o momento, 1.039 pessoas morreram de coronavírus e existem 1.151 em UTIs. Até o final de semana, espera-se ter até 2.400 leitos de terapia intensiva prontos em todos os hospitais do país. Informa Isabel Ferrer.

França registra o maior número de mortos em um dia

Foram 449 óbitos registrados, e o número de mortos já é de 3.523. As autoridades informaram nesta terça-feira que já existem 52.128 infectados no país — na segunda-feira havia 44.500. Houve um aumento de 10.579 infectados. (Reuters)

Itália autoriza as crianças a sair de casa com os pais para passear

O Ministério do Interior da Itália enviou uma circular a todos os prefeitos do país em que esclarece que os menores podem sair para realizar “atividades motoras” com um de seus pais nas proximidades da residência da família, de acordo com o jornal La Repubblica. O documento indica que “uma mãe solteira pode andar com seus filhos menores se a atividade puder ser comparada às atividades motoras ao ar livre, desde que seja nas proximidades da própria residência”. No entanto, o governo destaca que “atividades motoras” não são equivalentes a “atividades esportivas”, como corrida. O esclarecimento coincide com a mensagem que o ministro da Saúde, Roberto Speranza, transmitiu nesta terça-feira, nos moldes da ministra da Família, Elena Bonetti, Subsecretária de Saúde responsável pela infância, Sandra Zampa, e do presidente da Sociedade Italiana de Pediatria (SIP), Alberto Villani.

Santa Casa de SP pede doações para compra de remédios e equipamentos de proteção

A Santa Casa de Misericórdia de São Paulo lançou uma campanha para arrecadar doações para ajudar na compra de equipamentos de proteção, remédios e outros itens médico-hospitalares usados no atendimento a pacientes com o coronavírus. Os interessados em colaborar com o hospital filantrópico podem fazer doações em dinheiro por meio de transferência, boleto ou cartão de crédito, de forma única ou mensal.

General Augusto Heleno divulga resultado de novo exame para o coronavírus

O ministro-chefe do Gabinete Institucional da Presidência, general Augusto Heleno, divulgou em seu Twitter o resultado de um segundo exame realizado por ele, com resultado negativo para Covid-19. “Meu novo teste para coronavírus deu negativo, graças a Deus!”

General Heleno

@gen_heleno

Meu novo teste para coronavírus deu negativo, graças a Deus! Agradeço o apoio e as orações de todos os amigos e amigas. Seguimos juntos na batalha por um Brasil melhor! 🇧🇷

Ver imagen en Twitter
12,8 mil personas están hablando de esto

Doria ameaça ir à Justiça se Bolsonaro decretar a reabertura do comércio

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que, se o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decretar a reabertura de todo o comércio no Brasil, colocando portanto fim à quarentena, o Governo de São Paulo “tomará medidas judiciais” contra essa decisão. “Não vamos admitir que nenhum ato irresponsável  se sobreponha ao posicionamento sereno e responsável de São Paulo”, afirmou Doria.

No domingo, depois que algumas cidades registraram carreatas pelo fim da quarentena, Bolsonaro afirmou que estava “com vontade de baixar um decreto amanhã: toda e qualquer profissão legalmente existente ou aquela que é voltada para a informalidade, se for necessária para levar o sustento para os seus filhos, para levar leite para seus filhos, para levar arroz e feijão para casa, vai poder trabalhar”. A fala do presidente causou reação imediata dos governadores que se disseram indignados.

Prefeitura de São Paulo anuncia auxílio para catadores de lixo reciclável

O prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou que vai destinar 5,7 milhões de reais para 2.300 famílias de catadores de lixo reciclável da cidade, que tiveram de suspender suas atividades devido à pandemia de coronaveirus. De acordo com ele, 1.400 catadores autônomos receberão o auxílio de 600 reais do Governo Federal – assim como autônomos de todas as categorias – e a Prefeitura vai repassar mais 600 reais a eles pelos próximos três meses.

Além dos autônomos, às 900 famílias de cooperados das cooperativas de triagem de lixo reciclável, e que não receberão o auxílio federal, serão repassados 1.200 reais pelo Município.

São Paulo tem 1.517 casos confirmados e 113 óbitos notificados por coronavírus

Os números mais recentes informam 1.517 casos confirmados de coronavírus no Estado de São Paulo e 113 óbitos notificados em decorrência da doença.

Dos casos confirmados, 231 estão em estado grave, na UTI, e 281 estão em enfermarias.

São Paulo distribuirá refeições para caminhoneiros nas estradas do Estado

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a distribuição de marmitas e lanches para caminhoneiros por todas as rodovias concessionadas do Estado de São Paulo pelos próximos três meses.

Ao todo, de acordo com ele, serão distribuídos 140.000 kits, entre marmitas e lanches, em 43 pontos pelas 19 rodovias concessionadas do Estado, até 30 de julho.

Recolhimento do FGTS de domésticos também poderá ser suspenso por 3 meses

O adiamento do recolhimento de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) durante a pandemia do novo coronavírus, anunciado pelo Governo, valerá para todas as categorias, inclusive trabalhadores domésticos.

Para ter a suspensão da exigibilidade do recolhimento do FGTS, os empregadores permanecem obrigados a declarar as informações, até o dia 7 de cada mês, por meio do Conectividade Social ou eSocial.

Se houver rescisão do contrato de trabalho, o empregador passa a ser obrigado a recolher as parcelas do FGTS suspensas, bem como os demais valores devidos ao recolhimento rescisório, sem incidência da multa e encargos devidos.

El País

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: