fbpx

Um homem e três mulheres são presos por tráfico de drogas em São Luís

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), em ação conjunta a outras instituições de segurança, realizou nessa quarta-feira (13) o cumprimento do Mandado de Prisão contra Taize Tobias Silva, conhecida como Princesa, a qual estava foragida desde a deflagração da operação “Demolição”, realizada no bairro São Raimundo, em São Luís, no mês de setembro deste ano, quando foram presos 16 membros de uma facção com atuação na região.

Ao tomar conhecimento da possível residência onde Taize Tobias Silva estaria escondida, as equipes da Polícia Civil se dirigiram ao local, no bairro São Raimundo, onde estava sendo realizado um churrasco, oportunidade em que também foram presos Johanne Mendonça da Silva, Kellen Cristina Rodrigues e Daniel Silva Alves, conhecido como Gordinho, os quais foram autuados em flagrante delito com Taize, nos termos da Lei de Organização Criminosa, além dos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Além destas infrações, Kellen Cristina Rodrigues, proprietária da casa, foi autuada pelo crime de favorecimento pessoal. Foram apreendidos ainda vários aparelhos celulares, um veículo Ford KA e uma quantidade da droga popularmente conhecida como Skank, uma versão mais potente da maconha.

Imirante

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: