União pagou quase R$ 9 bi em dívidas de Estados e municípios

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real

O governo federal desembolsou quase R$ 9 bilhões em dívidas atrasadas de Estados e municípios em 2021. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 7, pela Secretaria do Tesouro Nacional.

A União é garantidora de Estados e municípios em operações de crédito em instituições financeiras — motivo pelo qual esses valores foram pagos.

“A Secretaria do Tesouro Nacional monitora os eventuais atrasos de pagamentos dos contratos garantidos pela União, estabelecendo prazos para regularização das pendências e alertando os devedores para as sanções, penalidades e consequências previstas nos contratos e na legislação pertinente”, explicou o Ministério da Economia.

No ano passado, três Estados brasileiros responderam por praticamente todas as dívidas honradas pela União.

São eles:

  • Rio de Janeiro: R$ 4,2 bilhões (46,6% do total)
  • Minas Gerais: R$ 3,1 bilhões (35% do total)
  • Goiás: R$ 1,3 bilhão (16,% do total)

Além disso, a União pagou mais de R$ 194 milhões de dívidas do Amapá e outros R$ 157 milhões do Rio Grande do Norte.

Entre os municípios, o único que teve suas dívidas honradas pelo governo federal foi Belford Roxo, no Rio de Janeiro (R$ 1,56 milhão).

Em 2020, o Tesouro Nacional havia honrado R$ 13,3 bilhões das dívidas estaduais e municipais. Desde 2016, foram pagos pela União quase R$ 42 bilhões para honrar garantias em operações de crédito.

Ainda segundo o Tesouro, a União pagou mais de R$ 1,3 bilhão em dívidas somente em dezembro de 2021:

  • R$ 604,58 milhões do Rio de Janeiro
  • R$ 570,38 milhões de Minas Gerais
  • R$ 76,95 milhões de Goiás
  • R$ 46,92 milhões do Rio Grande do Norte
  • R$ 16,04 milhões do Amapá

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: