Usuários ficam sem atravessar em porto de Barreirinhas por falta de canoa adequada

Os moradores e passageiros que precisam atravessar no porto da Maria Bastos, principal ligação entre o bairro Carnaubal e o povoado Carnaubeira estão passando por uma situação no mínimo constrangedora para não se dizer perigosa.

Segundo que apuramos, no último sábado (07) a canoa que atravessa as pessoas de um lado para outro no porto citado acima não resistiu a deterioração do tempo, pois está muito velha e os passadores tiveram que parar os trabalhos e descartaram a canoa, pois estava colocando a vida dos usuários em risco.

Porém, após o ocorrido a prefeitura mandou para fazer a travessia uma lancha que segundo os usuários não é adequada para fazer o trabalho, pois a mesma é pequena, não suporta muita gente, sendo muito leve, chegando a virar com o passador, além disso, por ter o casco de alumínio os usuários alegam que qualquer movimento brusco ou ventos fazem a canoa ficar em risco de virar.


Por não ser adequada, o passador parou o serviço da lancha enviada pela prefeitura, pois não estava suportando o fluxo de pessoas.

O porto é um dos que recebe mais pessoas, pois é a principal porta de entrada para a região das areias que concentra muitos povoados e serve também como rota alternativa para as dunas do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses.

Informações dão conta que tem uma pessoa trabalhando na travessia cobrando uma taxa aos usuários.

Pedimos um posicionamento da prefeitura que até o término dessa redação não  respondeu.

 

1 thought on “Usuários ficam sem atravessar em porto de Barreirinhas por falta de canoa adequada

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: