Veja o que fica suspenso durante o lockdown na Ilha de São Luís

Ainda são várias as dúvidas sobre como será aplicado o lockdown (bloqueio total) em São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar. Organizamos um ponto a ponto do que muda a partir da próxima terça-feira (5), quando se inicia o bloqueio total.

Lockdown é a maior restrição possível no enfrentamento ao novo coronavírus.

A determinação do lockdown nos quatro municípios da Ilha é do juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da Comarca da Ilha de São Luís. A suspensão dos serviços não essenciais vai durar 10 dias.

Ficam suspensas:

– As atividades não essenciais;

– Entrada e saída de veículos por dez dias, com exceção para caminhões, ambulâncias, veículos transportando pessoas para atendimento de saúde e atividades de segurança;

– Circulação de veículos particulares, sendo autorizados somente a saída para compra de alimentos ou medicamentos, para transporte de pessoas e atendimento de saúde, serviços de segurança ou considerados essenciais;

– Reunião de pessoas em espaços públicos.

Funcionam normalmente:

– Supermercados e demais serviços de alimentação, farmácias, portos e indústrias que trabalham em turnos de 24 horas;

– Bancos e lotéricas, apenas, para o pagamento do auxílio emergencial, salários e benefícios, com organização de filas;

O uso de máscara continua sendo obrigatório. O bloqueio total também inclui a adoção de medidas de orientação e de sanção administrativa quando houver infração às medidas de restrição social.

Imirante

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: