Vigilante suspeito de esfaquear cadela em faculdade é indiciado pela Polícia

O vigilante, identificado como Célio Ferreira, suspeito de esfaquear uma cadela na Faculdade Kroton/Pitágoras, no bairro do Turu, foi indiciado pela polícia.

O crime contra a cadela aconteceu no dia 27 de agosto e, dois dias depois, o vigilante se apresentou à delegacia, negando o crime.

A cadela Nemeria perdeu a visão após as perfurações na cabeça. A previsão é que ela tenha alta até este domingo (15).

A faculdade afastou o vigilante e informou que “ repudia veementemente qualquer ato de violência contra animais”. A instituição ainda arcou com as despesas da cadela na clínica veterinária.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: