Vítor Bafana assume a vaga de titular no primeiro jogo da final contra o Náutico, após veto de Paulo Sérgio

O Sampaio Corrêa não terá seu capitão para a primeira partida da final da Série C do Brasileiro contra o Náutico. O zagueiro Paulo Sérgio sofreu uma lesão muscular de grau um na coxa e já foi vetado para a partida de ida diante do Timbu.

 

 

O substituto já foi escolhido pelo técnico João Brigatti que fará uso de Vitor Bafana, autor do gol que levou o Sampaio à final do Brasileirão, na vitória sobre o Confiança, por 1 a 0, no Castelão. O treinador ressaltou a força do grupo boliviano nessa reta final de temporada.

– O que a gente tem que destacar é a força desse grupo. A gente ganha um, perde outro e todos correspondem. Se nada acontecer o Vítor vai entrar. Um jogador que nos ajudou na partida passada e que tem nossa confiança – disse o treinador.

O Sampaio também ganha outras opções para a primeira partida da final da Série C contra o Náutico. O lateral-esquerdo Romano, que cumpriu suspensão, e o volante Lucas Hulk, recuperado de uma entorse no joelho, voltam a ficar disponível ao técnico João Brigatti, que não os confirmou como titulares.

A primeira partida da final da Série C entre Sampaio e Náutico será realizada neste domingo (29), nos Aflitos. O confronto está marcado para às 17h.

O Sampaio Corrêa faz o jogo de volta em casa por conta da melhor campanha na classificação geral da competição. O Tricolor somou até aqui 41 pontos, enquanto que o Timbu fez 38.

Na fase de classificação as equipes estavam na mesma chave e o Náutico venceu os dois confrontos. Em São Luís, por 2 a 0, e em Recife-PE por 2 a 1. O Timbu terminou como primeiro da chave, enquanto que a Bolívia Querida foi a segunda colocada.

Nos últimos dois mata-matas, o Sampaio passou por São José-RS e Confiança. O Náutico superou o Paysandu e o Juventude-RS.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: